Corrida e Perda de Peso …

Para perder peso correndo, é preciso evoluir gradativamente com segurança.

Os esforços realizados durante a corrida serão muito bem recompensados, pois você perderá quilos com maior garantia e eficácia, sem precisar passar fome e sem colocar a sua saúde em risco.

Confira a seguir os cinco principais passos para perder peso com a corrida.

gorrrdinho-correndo

1 – Inicialmente, para que se consiga perder peso com a corrida, é necessário procurar um médico antes de tudo. Este passo é fundamental para saber se você estará apto ou não para praticar uma atividade física. “Os exames mais comuns são o teste ergométrico, o hemograma completo e o ecocardiograma, mas outros exames poderão ser solicitados, dependendo da avaliação feita pelo profissional de saúde” .

2 – Correr não significa, necessariamente, que você deve ter pressa. Se você está saindo agora do sedentarismo, deve começar devagar, respeitando seus limites.“Intercalar a caminhada com um trote bem leve, aliado a alguns exercícios de fortalecimento articular preparatório para a atividade, é o ideal para quem está saindo da inércia, porque esses treinos estimulam o organismo a evoluir fisicamente, além de usarem gordura como fonte de energia”.

3 – Para atingir o seu objetivo de forma plena, é importante se alimentar bem, comendo tudo com equilíbrio. Sem excessos, seu prato deve conter alimentos dos três grupos — carboidratos, proteínas e gorduras. Antes de iniciar os treinos, dê preferência aos carboidratos complexos, como pães, torradas e arroz integrais e aveia. “Eles ajudam o nosso corpo a usar a gordura como fonte de energia e a manter o rendimento na corrida. As proteínas (carnes em geral, leite e derivados e leguminosas) e as gorduras (manteiga, margarina, óleos, azeite, castanhas etc.) também podem ser consumidas nessa hora, mas em menores quantidades.”

4 – Começou a correr e acabou parando no meio do caminho ? Para que isto não ocorra novamente, o segredo é sempre variar os treinos. Além de ajudar na evolução rápida de rendimento, esta alternância ajuda na motivação do corredor e o mantém focado. “Colocar objetivos curtos, baseados no percentual de gordura corporal, peso e quilômetros rodados, por exemplo, ajuda a manter a motivação em alta”.

5 – Há alguns treinos que favorecem a queima de gorduras, mais do que outros. Por isto, é importante que você siga planilha respeitando as atividades previstas pelo treinador. Exercícios que mantêm o batimento cardíaco na faixa de 60% a 70% são os mais indicados. “Para otimizar a perda de peso e a utilização da gordura como fonte de energia, o treinamento deverá atingir durante o maior tempo possível uma faixa cardíaca já determinada no teste ergométrico (ou ergoespirométrico)” .

Fonte : site www.ativo.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *