Atitude

Se existe algo que consegue me irritar profundamente é o tal do conformismo.

Sabe aquela pessoa que vive reclamando da vida e que nunca faz absolutamente nada para mudar sua realidade ?

Aquela que sempre se acha a pessoa mais triste, incapaz e azarada do mundo ?

Pois é… A vontade que eu sinto às vezes é de ir até lá, levantá-la pela orelha, chacoalhá-la e dizer olhando dentro dos seus olhos:

Sabe de uma coisa ? Você vai morrer ! Sim! M-O-R-R-E-R ! Todos nós vamos. E sabe do que mais ? Poder ser que seja amanhã. Pode ser que seja ainda hoje. Pode ser agora. Não dá tempo de esperar. Levanta essa bunda daí e trate de fazer algo útil para você mesmo.

Sabe quantas pessoas estão exatamente agora lutando para continuarem vivas ?

Que davam tudo para terem a sua idade, a sua saúde, o seu corpo ?

Então me diga: o que te impede de viver?

Às vezes me parece que você se esforça bastante para ser triste. Ou pelo menos parecer.

Viver não é tão complicado assim. Vamos lá.

Seu relacionamento não te faz feliz? Termine.

Você não gosta da sua cidade? Mude-se.

Seu trabalho é um saco? Peça demissão.

Você gosta daquela pessoa? Diga a ela.

Ela não te quer? Bola pra frente.

Aquela pessoa fica te julgando? Mande-a merda.

Escolheu o curso errado? Troque-o.

Quer conhecer gente nova? Saia de casa.

Quer morar fora do país? Compre a passagem.

Não tem condições de realizar alguma dessas mudanças nesse momento? Faça acontecer.

Trace uma meta.

Não é que eu esteja tentando minimizar o seu problema, o que estou dizendo é que ele não pode ser maior que você, que a sua fé e a sua força de vontade.

Existem milhões de pessoas nesse exato momento com problemas muito maiores que os seus e outras tantas que tinham muito menos do que você tem hoje e chegaram exatamente onde sonha em chegar.

Não seja covarde.

O seu futuro depende exclusivamente de você.

Não adianta tentar culpar mais ninguém.

O mundo não vai esperar as suas lágrimas secarem.

Chega de fragilizar-se.

Você não precisa sair de casa sempre com a sua melhor roupa, mas vale muito à pena caprichar no sorriso.

Não restam dúvidas: se a sua alegria for contagiante, a vida retribui.

Tudo não passa de uma questão de escolha: ou você fica o resto dos seus dias imaginando como tudo poderia ter sido, ou mete a cara, enfrenta os seus medos e constrói a sua realidade.

Para mim a coisa toda é muito simples.

Se a sua vida não está como gostaria e você não faz nada a respeito, então ela está exatamente como você merece.